Vontade de Everaldo é permanecer no Fluminense

Acerto com o Flu depende, basicamente, das condições contratuais oferecidas pelo clube e de entraves políticos

A novela Everaldo tem sido a campeã de audiência da cobertura jornalística do Fluminense. Arrasta-se há semanas, devido ao assédio do Corinthians, que quer tirar o atacante do Tricolor. Apesar disso, a vontade de Everaldo é permanecer no Fluminense.

Quem revelou o que está no coração de Everaldo foi Fernando Diniz, após a dura classificação obtida em Recife.

– Eu falei com o Everaldo algumas vezes já, a direção também. Todo mundo faz esforço máximo, mas depende dele conversar com seus representantes e seus familiares. Mas o Fluminense se empenha ao máximo para que ele fique. Ele também mostra essa vontade de ficar. Tenho, então, essa esperança – falou o treinador.

Everaldo fica na defensiva

Na prática, tudo depende única e exclusivamente do jogador, o que é um bom indício para a torcida tricolor. No entanto, o Corinthians parece estar disposto a colocar um caminhão de dinheiro aos pés de Everaldo. Não é só o coração que conta nessas horas. Talvez, por isso, Everaldo evite se posicionar claramente sobre sua preferência.

– Tenho contrato e tem muita coisa a ser negociada. Não sei qual vai ser o acerto. Tenho contrato até o dia 17 de maio e até lá vamos ver o que vai ser resolvido. Eu sou um cara bem centrado e profissional. Estou focado só em jogar. Essa parte de fora, meus representantes e as pessoas responsáveis estão resolvendo – falou o atacante.

O problema maior é que contra o Fluminense tem a vontade dos agentes do atleta, que tiveram reunião com a cúpula do futebol tricolor, mas com o propósito de sondar a possibilidade do Tricolor liberar Everaldo antes do final do contrato.

Mais que uma simples questão salarial

Everaldo tem contrato até o dia 17 de maio. O Fluminense tem opção de compra para exercer, no valor de R$ 2 milhões. O clube pretende exercer esse direito, mas pode, mesmo assim, ficar sem o atleta, uma vez que não há uma cláusula de renovação automática do contrato.

Tudo depende do acerto das condições e delas se aproximarem do que propõem o Corinthians, lembrando que o Fluminense tem um teto salarial de R$ 150 mil. Somente Paulo Henrique Ganso ganha acima desse teto. O clube precisa administrar um possível conflito decorrente de qualquer movimento mais brusco para ficar com o atleta, o que caracterizaria um entrave político na relação com o elenco.

Seja sócio futebol e obtenha até 100% de desconto na bilheteria em todos os jogos do Flu como mandante. Nossa hora é agora. Clique aqui e faça já o seu plano!

Por: Marcelo Savioli às 13:26
Foto: Lucas Merçon (Fluminense Football Club)
2019-04-26T17:50:54+00:00 abril 26th, 2019|

Deixar Um Comentário