VAR penaliza o Flu e alivia o Fla na rodada do final de semana

A rodada do final de semana ainda não terminou, mas o VAR já reivindica seu tradicional protagonismo. Foi decisivo para a vitória do São Paulo sobre o Fluminense, no sábado, e para a vitória do Flamengo sobre o Botafogo, agora há pouco, ambas as partidas no Maracanã.

No sábado, o VAR apontou um pênalti para o São Paulo nos acréscimos. É bem verdade que a infração aconteceu, ainda que houvesse margem para interpretações.

– É triste perder, ainda mais pela forma que a gente joga, e, às vezes, sendo penalizado, cmo na intervenção do VAR no último minuto contra um time que estava contente com o empate, fazendo cera. Como foi em São Januário, onde tivemos dois expulsos e o VAR não foi chamado. Como fomos penalizados pelo VAR contra o Goiás. Teve uma bola que bateu na mão contra o Santos, parecido com hoje e o VAR não foi chamado. Tem tudo isso, mas a gente não controla – reclamou o técnico do Fluminense, Fernando Diniz, após a partida.

Dois lances para expulsão

Bem diferente foi a reação à violenta falta de Cuéllar, do Flamengo, em Marcinho, do Botafogo, lance com relação ao qual os árbitros do VAR se mantiveram neutros, assim como o árbitro Raphael Claus aplicou apenas o cartão amarelo.

Leia também: Canal Premiere faz da torcida do São Paulo trilha sonora do Maracanã

Na segunda etapa, Rafinha fez falta para cartão  amarelo, porém, como já havia sido advertido, o árbitro contemporizou, prejudicando, mais uma vez, a equipe do Botafogo, que terminou derrotada por 3 a 2.

Como consequência das ações do VAR na rodada do final de semana, o Fluminense segue na zona de rebaixamento, o Botafogo perde a chance de se aproximar do G-4 e o Flamengo se isola na terceira posição, reduzindo a distância para o líder.

Seja sócio futebol e obtenha até 100% de desconto na bilheteria em todos os jogos do Flu como mandante. Nossa hora é agora. Clique aqui e faça já o seu plano!

Marcelo Savioli às 18:10

2019-07-28T18:19:45+00:00 julho 28th, 2019|

2 Comentários

  1. Paulo Gustavo
    Vivaldo Simas 29 de julho de 2019 em 01:48- Responder

    Esqueceram de citar que, em jogo anterior, o goleiro do Flamengo botou a mão na bola e ninguém marcou nada. E ontem, domingo, a bola bateu na mão do jogador do Flamengo e não teve VAR ou marcação de pênalti!
    ETA TIME SORTUDO, ESSE FLAMENGO!!!

  2. Paulo Gustavo
    FRANCISCO POLITO 29 de julho de 2019 em 09:05- Responder

    Perfeitas as considerações sobre os lances citados. Provavelmente não estaríamos nesta posição na tabela.

Deixar Um Comentário