QUANTO VALE O SHOW??? – Daniel é o melhor do Flu

Allan e Matheus Gonçalves são os pontos fracos

Agenor – Não teve culpa no gol e fez defesas importantes. Nota 6,5

Igor Julião – Levou algumas bolas nas costas, mas foi efetivo no ataque, dando assistência para o segundo gol. Lembrou seus melhores momentos, com algumas arrancadas com a bola dominada. Nota 6

Pablo Dyego – Entrou no lugar de Julião para dar volume ofensivo, mas não foi bem sucedido. Acabou expulso em jogada imprudente no final. Nota 4

Nino – Desentrosado, foi de regular para ruim em todas as situações do jogo. Nota 5

Leo Santos – Teve dificuldades na saída de bola e ajudou o Fluminense a tomar sufoco nas bolas altas. Nota 4

Marlon – Atuação discreta. Não apoiou  e não conseguiu parar o lado direito do Flamengo, onde Everton Ribeiro e Pará deitaram e rolaram no primeiro tempo. Nota 4

Allan – Falhou no combate e ainda entregou o terceiro gol para o Flamengo num passe inacreditável para um profissional. Nota 3,5

João Pedro – Entrou no lugar de Allan e deu seu recado. Marcou o segundo do Flu e incendiou o jogo. Faltou dar continuidade. Nota 6,5

Caio Henrique – Mandou uma bola no travessão e movimentou-se muito, mas teve problemas para fechar a intermediária. Nota 5,5

Daniel – Foi o melhor do Fluminense, atuando com desenvoltura e dando fluência ao meio de campo.  Ficaram faltando as assistências. Nota 7,5

Paulo Henrique Ganso – Tirando um chapéu em Éverton Ribeiro, ficou devendo ofensivamente. Defensivamente, fez bons desarmes. Nota 5,5

Matheus Gonçalves – Atuação muito ruim. Errou passes e fundamento em várias jogadas. Nota 3

Dodi – Entrou no lugar de Matheus Gonçalves para dar mais volume ao meio de campo, que não conseguia controlar o adversário. Acabou fazendo o gol que quase culminou na reação tricolor. Boa movimentação. Nota 7

Marquinhos Calazans – Oportunismo no lance que quase originou o primeiro gol do Flu e grande jogada no que realmente originou o primeiro gol do Flu. Pela primeira vez, mostrou suas qualidades. Nota 6

Arbitragem – Não comprometeu em momento algum, exceto em lance de impedimento de Gabigol, que não resultou em nada. Nota 7

Flamengo – Subiu muito de produção em relação ao primeiro Fla-Flu. Foi melhor durante 70 minutos de jogo, mas optou por continuar pressionando o Flu e quase se complicou diante de um adversário indigesto, mesmo com reservas. Nota 7,5

2019-03-24T18:53:47+00:00 março 24th, 2019|

Deixar Um Comentário