Para Diniz, Pedro é dor de cabeça entregue sob medida

Já é moldado da maneira que eu gosto”

Fernando Diniz ganhou uma adorável dor de cabeça nas últimas semanas, que atende pelo nome de “Pedro”. O craque voltou, substituiu Yony Gonzalez logo no início da segunda etapa e apresentou boa movimentação para quem ficou mais de oito meses afastado da profissão.

Na opinião do treinador, o que menos importa é saber como vai encaixar Pedro no time. Pedro já se encaixa perfeitamente em sua forma de pensar o futebol.

Ele é muito técnico, muito inteligente. Encaixa-se na forma de jogar do time. Já é moldado da maneira que eu gosto. Sabe ocupar espaços muito bem. Não tem o número de piques que o Yony tem, mas não acho que precise de muitos ajustes”, analisou o treinador após a vitória sobre o Santa.”

Após a partida, Pedro falou de sua alegria em retornar à equipe e de como se sentiu em campo.

É uma alegria imensa voltar a fazer o que eu mais amo na vida. Pude jogar 40 minutos me sentindo bem, sem dor. Grandes coisas virão pela frente.”

Diniz terá mais uma semana para preparar a formação que enfrentará o Santa Cruz, em que Pedro, a princípio, se encaixa como opção de luxo no banco de reservas, pelo menos por enquanto. Por enquanto…

Siga o melhor site de notícias do Fluminense por meio da nossa página no Facebook

Por: Marcelo Savioli às 09:39
Foto: Lucas Merçon (Fluminense Football Club)

 

2019-04-18T18:29:26+00:00 abril 18th, 2019|

Deixar Um Comentário