Palmeiras sobra economicamente no Brasil e passeio seria maior se não fosse a Globo

Sem projeto de espanholização, Flu reduziria drasticamente diferença em faturamento para Flamengo e Corinthians

O projeto da Globo de tornar Flamengo e Corinthians protagonistas únicos do futebol brasileiro esbarra em uma verdadeira cordilheira, que atende pelo nome de Sociedade Esportiva Palmeiras. O campeão brasileiro arrecadou, em 2018, R$ 653,9 milhões. Segundo colocado, o Flamengo somou R$ 542,8 milhões, enquanto o Corinthians faturou R$ 469,9 milhões.

A diferença seria ainda maior, não fosse a política de distribuição de receitas de transmissão pela emissora. Não é por outra razão que a Vênus Platinada bate o pé e não aceita equiparar o Palmeiras com seus escolhidos, pois ampliaria ainda mais essa vantagem econômica. Se os três clubes recebessem o mesmo valor que o Fluminense, R$ 113 milhões, a receita do Flamengo cairia para 433,8 milhões, enquanto o Corinthians ficaria com R$ 384,9 milhões. Já o Palmeiras, ficaria com R$ 629,9 milhões, quase R$ 200 milhões a mais que o Urubu.

Sem política da Globo, diferença do Flu para Fla e Corinthians cairia drasticamente

É bem verdade que a estupenda arrecadação palmeirense foi puxada pelas transferências de atletas, que atingiram o patamar de R$ 170 milhões. O Palmeiras foi o grande campeão neste quesito. O Fluminense, com R$ 119 milhões, foi o quarto, tendo arrecadado R$ 297,4 milhões no total em 2018.

O Tricolor teve um faturamento 82% menor que o rival rubro-negro. Caso os dois clubes recebessem o mesmo valor pelos direitos de transmissão, essa diferença cairia para apenas 46%. Já no caso do Palmeiras, a diferença se manteria em mais de 100%. O abismo econômico entre Flamengo e Fluminense praticamente desapareceria, o mesmo não acontecendo em relação ao Palmeiras.

Leia também: ESPANHOLIZAÇÃO! Em defesa dos privilégios de Corinthians e Flamengo, Globo endurece e não fecha com Palmeiras

No caso do Corinthians, que arrecadou os mesmos R$ 119 milhões que o Tricolor em transferências, a diferença cairia para apenas 29,4%. Chama atenção o Cruzeiro ter arrecadado R$ 191 milhões com direitos de transmissão em 2019, mas a explicação está na premiação de R$ 50 milhões pela conquista da Copa do Brasil, contabilizada como direitos de TV.

Confira como ficaria a arrecadação dos quatro clubes sem a política de espanholização da Globo:

– Palmeiras – R$ 629,9 milhões

– Flamengo – R$ 433,8 milhões

– Corinthians – R$ 384,9 milhões

– Fluminense – R$ 297,4 milhões

Seja sócio futebol e obtenha até 100% de desconto na bilheteria em todos os jogos do Flu como mandante. Nossa hora é agora. Clique aqui e faça já o seu plano!

Marcelo Savioli às 11:53
2019-05-17T15:35:12+00:00 maio 17th, 2019|

Deixar Um Comentário