O dia em que o poderoso Santa Cruz recebeu o melhor time do mundo no Arruda

Gil marcou na vitória tricolor pelo Campeonato Brasileiro, competição da qual ambos seriam semifinalistas

Santa Cruz e Fluminense se enfrentam na noite dessa quinta-feira no Arruda, mesmo palco de um encontro de galácticos ocorrido no dia 30 de outubro de 1975. A partida era válida pelo Campeonato Brasileiro e o Santa Cruz vivia o melhor momento de sua história, enquanto o Fluminense era considerado o melhor time do mundo.

O status de melhor time do mundo era atribuído ao Fluminense, não só pelo plantel estrelar, que contava com Félix, Rivelino, Marco Antônio, Paulo César, Manfrini, Gil, Mário Sérgio, Cafuringa e outros, mas pelo passeio que dera no Bayern de Munique, então bicampeão europeu, cerca de quatro meses antes, em amistoso disputado no Maracanã. Outro motivo, é que o clube dedicava parte de sua agenda para ir se exibir nos gramados europeus.

Vitória da Máquina

O Santa Cruz tinha aquele que foi, talvez, seu melhor time de todos os tempos, tanto que foi às semifinais do Campeonato Brasileiro, tendo sido derrotado pelo Cruzeiro em partida antológica. A Máquina também seria semifinalista, mas perderia para o surpreendente Inter no Maracanã.

Mais de 33 mil pessoas viram Gil Búfalo abrir a contagem para o Fluminense aos 12 minutos do primeiro tempo, tendo sido aquele o único gol da partida.

O Fluminense atual com Félix; Toninho (Zé Maria), Silveira, Abel Braga e Marco Antônio; Cléber, Zé Mário e Rivelino; Gil, Manfrini e Zé Roberto. Técnico: Didi.

O Santa atuou com: Gilberto; Carlos Alberto Barbosa, Levir Cullpi, Lula Pereira e Orlando; Carlos Alberto, Givanildo e Mazinho (Ramon); Fumanchu, Nunes e Pio. Técnico: Paulo Frossad.

Seja sócio futebol e obtenha até 100% de desconto na bilheteria em todos os jogos do Flu como mandante. Nossa hora é agora. Clique aqui e faça já o seu plano!

Por: Marcelo Savioli às 10:54
2019-04-25T19:35:45+00:00 abril 25th, 2019|

Deixar Um Comentário