Mário Bittencourt não fala em revisão do contrato, mas promete tentar prolongar permanência de João Pedro no Flu

Antes da eleição, o presidente eleito Mário Bittencourt chegou a sinalizar que tentaria encontrar brechas contratuais para tentar anular a venda de João Pedro ao Watford. Após a posse, o discurso mudou. Saiu da pauta a revisão do contrato, mas o presidente eleito falou em prolongar a permanência do atleta, pessimamente vendido pela gestão Abad, com valores progressivos, que podem chegar, no máximo, à casa dos R$ 45 milhões, lembrando que, a exemplo de Richarlison, o clube terá participação de 10% em uma futura revenda.

Leia também: Números prodigiosos de João Pedro no campo revelam mais uma venda desastrosa do Fluminense

“A venda dele mexeu com todos nós, não só pela venda, mas pela maneira como foi feita. Não é nenhuma crítica sobre a idoneidade da venda, que foi feita sem nenhum tipo de problema. A questão é que o clube poderia ter tentado um outro caminho, uma outra solução, antes de rifar um jogador tão talentoso por um valor tão baixo. Vou conhecer o contrato nesta terça-feira. Vamos ver se existe uma possibilidade de fazê-lo ficar mais tempo”, falou Mário Bittencourt.

Seja sócio futebol e obtenha até 100% de desconto na bilheteria em todos os jogos do Flu como mandante. Nossa hora é agora. Clique aqui e faça já o seu plano!

Cinco Minutos às 18:47

2019-06-11T18:54:28+00:00 junho 11th, 2019|

Deixar Um Comentário