Luverdense tem histórico de dificultar contra os grandes no Passo das Emas

Diniz descarta jogar para fazer vantagem para jogo de volta e prega respeito com o adversário

O retrospecto do Luverdense contra equipes grandes no Passo das Emas pode ser considerado de médio para bom. Pela Copa do Brasil, em edições diferentes, derrotou Santos e Corinthians, empatou com Vasco e Internacional, tendo sofrido uma única derrota, no Campeonato Brasileiro da Série B, para o Botafogo em 2015.

Fernando Diniz, que já esteve antes em Lucas do Rio Verde, considera a partida difícil. A ordem é respeito e seriedade contra o Luverdense.

– O jogo é difícil, lá é atípico. Quem jogou lá sabe. O campo tem características particulares e ainda tem a viagem. Estive lá com Paraná e Oeste. É só ver o histórico deles em Copa do Brasil. Corinthians e outros times grandes tiveram dificuldades. A gente vai de maneira muito séria. Estamos estudando eles faz tempo. O treinador lá é excelente. Esperamos um jogo duro.

Os paradigmas da equipe mato-grossense são: disciplina tática e ataque em velocidade. Nos últimos jogos, a equipe não vem conseguindo impor seu estilo e foi derrotada no primeiro duelo da semifinal do Campeonato Mato-Grossense, pelo Cuiabá, por 2 a 0. Apenas um gol foi convertido nos últimos três jogos.

Nada que mude o modo de pensar do técnico tricolor, que reiterou sua posição ao ser perguntado sobre o possível foco do Fluminense em construir uma boa vantagem em Lucas do Rio Verde.

– Não é para fazer política da boa vizinhança, mas realmente não penso minimamente nisso. O Luverdense é uma equipe bem treinada e lá é sempre difícil jogar contra.

Siga o melhor site de notícias do Fluminense por meio da nossa página no Facebook

Por: Marcelo Savioli às 09:43
2019-04-03T09:58:44+00:00 abril 3rd, 2019|

Deixar Um Comentário