FLUZÃO 2X0 SANTA – Luciano joga muito, arbitragem atrapalha, mas Flu leva vantagem para o Arruda

Flu perde muitos gols, tem pênalti mal marcado e gol mal anulado na segunda etapa

O Fluminense fez um primeiro tempo espetacular, o segundo nem tanto. No primeiro, Gilberto e Luciano marcaram. No segundo, o Santa conseguiu jogar um pouco mais, porém o bandeira anulou gol legal de Luciano, que já sofrera pênalti não marcado na primeira etapa.

Apesar disso, o Tricolor venceu por 2 a 0 e joga pelo empate no Recife no dia 25 de abril. Pedro voltou, fez algumas jogadas de efeito, lembrou que é craque, mas terá tempo para voltar a encantar a plateia futebolística com sua classe. Agora é aproveitar mais uma semana de treino e preparar o time não só para o jogo de volta no Arruda, mas também para a conquista do pentacampeonato brasileiro.

Massacre tricolor

Só nos primeiros 15 minutos, o Fluminense criou quatro oportunidades de gol, a primeira logo aos 20 segundos, com Yony arrematando duas vezes quase de dentro da pequena área e errando o gol, por pouco, no segundo tiro. Allan e Luciano incomodaram com arremates perigosos da entrada da área.

O Fluminense se impunha técnica, tática e fisicamente.Aos 20 minutos, Nino fez desarme espetacular, tocou para Gilberto, que tabelou com Yony e contou com desvio do zagueiro para matar o goleiro, inaugurando o marcador. No minuto seguinte, Everaldo deixou o marcador no chão e rolou para Yony chutar com perigo. Mais um minutos, Everaldo conseguiu cruzamento improvável, a zaga titubeou e Yony cabeceou rente à trave. Aos 28 minutos, Luciano marcou um golaço, que começou em troca de passes espetacular, que terminou com a ajeitada de calcanhar de Gilberto para o atacante bater com imensa categoria e acertar o ângulo direito de Anderson.

Aos 34 minutos, Yony deixou Luciano na cara do gol, mas Anderson fez grande defesa. Luciano ainda arrematou mais duas vezes, uma delas de calcanhar, mas não conseguiu balançar as redes. Aos 37 minutos, após trama espetacular, Caio Henrique encontrou Gilberto, que chutou com perigo na área perigosa. O Fluminense seguiu ameaçando o gol coral até o final e o Santa teve motivos para comemorar ter levado só dois gols na primeira etapa.

Pedro voltou, o Flu nem tanto

Diniz voltou com o time ainda mais ofensivo, com Léo Arthur no lugar de Aírton. Antes dos 10 minutos, Yony sentiu e Diniz levou a torcida à loucura colocando Pedro em campo. Ganso também sentiu algo e foi substituído pelo sósia Dodi. Aos 16 minutos, Luciano deu um susto na torcida ao sentir um problema muscular, mas permaneceu em campo. O Flu quase marcou aos 25 minutos, depois que o goleiro se atrapalhou com o defensor na saída de gol. Na sequência, Nino fez intervenção espetacular para evitar arremate para o gol de Rodolfo.

O Santa entendeu que era a hora de atacar e o jogo ficou mais aberto. Aos 30 minutos, o goleiro bateu roupa e Luciano mandou para o barbante, em posição legal, mas a arbitragem anulou o gol. Luciano já sofrera pênalti não marcado na primeira etapa. Aos 38 minutos, Pedro cobrou falta rente à trave.

Siga o melhor site de notícias do Fluminense por meio da nossa página no Facebook

Por: Marcelo Savioli às 23:27
Foto: Lucas Merçon (Fluminense Football Club)

 

2019-04-18T07:56:18+00:00 abril 18th, 2019|

Deixar Um Comentário