FLUMINENSE 4X1 CRUZEIRO – Torcida tricolor tem noite memorável no Maracanã

Mano paga para ver, João Pedro brilha e Flu passa por cima do Cruzeiro

O que se viu no Maracanã na noite de hoje passou longe de uma questão de freguesia histórica. O Fluminense fez o que vem fazendo nos últimos jogos. Diante do Cruzeiro, brilhou. A diferença é que os gols apareceram, graças, principalmente, à ideia de Fernando Diniz de colocar o matador João Pedro no segundo tempo. João Pedro marcou dois gols na vitória de 4 a 1, tendo sido o segundo um golaço. Nino e Luciano, antes, já haviam balançado a rede.

Ao contrário do que acontecera na última quarta-feira, pela Copa do Brasil, Mano adiantou o Cruzeiro e tentou neutralizar, sem sucesso, a qualificada transição tricolor. O resultado, se não foi desastroso, serviu para instalar o pânico das hostes cruzeirenses. O que fazer no jogo de volta da Copa do Brasil? Recuar e ser pressionado ou tentar igualar o jogo e ser goleado?

O fato é que a torcida tricolor deixou o Maracanã de alma lavada, sem nenhuma dúvida de que o Fluminense será protagonista na temporada, praticando um futebol bem acima da média, capaz de se recriar quando necessário.

Flu abre contagem no final

O Cruzeiro começou o jogo cheio de si, marcando pressão e buscando o gol, mas o Flu ameaçou aos 4 minutos com Yony González. O susto arrefeceu o entusiasmo ofensivo cruzeirense.  Mesmo assim, o Cruzeiro ameaçou aos 9 minutos em chute de Robinho, mas o Fluminense, aos poucos, assumia o controle do jogo. Mesmo assim, o Cruzeiro teve chance com Pedro Rocha, que foi abafado por Agenor.

Aos 32 minutos, de tanto rondar a área do Cruzeiro, o Flu quase marcou, com Daniel tabelando com Yony e finalizando com um peteleco, que Fábio defendeu. Aos 44 minutos, Daniel cobrou escanteio da direita, Nino desviou no primeiro pau e mandou para o barbante.

João Pedro deita e rola

Mal começou o primeiro tempo, Luciano aproveitou trapalhada da defesa do Cruzeiro, fazendo 2 a 0. Logo na sequência, Ganso errou na saída de bola e Agenor rebateu no pé de Robinho, que mandou para o barbante, diminuindo.

O Fluminense não se abateu e empurrou o Cruzeiro para o seu campo. Gilberto e Matheus Ferraz exigiram do trabalho de Fábio.  Aos 26 minutos, Fernando Diniz tomaria a decisão que mudaria o cenário do jogo. Trocou Léo Artur por João Pedro.  Yony já ameaçara com chute perigoso quando João Pedro aproveitou cruzamento de Marcos Paulo, que acabara de entrar, se atirou na bola e mandou para o barbante.

Com 3 a 1 para o Fluminense, o Cruzeiro tentou atacar, mas sem efeito. O Fluminense dominava a Raposa e já dava olé quando João Pedro fez jogada espetacular, se livrou de dois marcadores e arrematou seco no canto direito, decretando a goleada tricolor.

Seja sócio futebol e obtenha até 100% de desconto na bilheteria em todos os jogos do Flu como mandante. Nossa hora é agora. Clique aqui e faça já o seu plano!

Redação às 21:20
Foto: Lucas Merçon (Fluminense Football Club)

 

2019-05-19T13:10:49+00:00 maio 19th, 2019|

Deixar Um Comentário