Flu pode terminar rodada com defesa mais vazada do Brasileirão, mas desempenho do ataque é de G-8

Diniz isenta defesa de culpa pelo excesso de gols sofridos e diz que problema é coletivo

O Fluminense pode terminar a 12a rodada com a defesa mais vazada do Brasileirão. Os dois gols sofridos na derrota de 2 a 1 para o São Paulo fizeram o saldo tricolor subir para 21 gols contra. A média é de 1,75 gol por partida, o que contribui para um saldo negativo de – 5 gols.

Pode-se alegar que a quantidade elevada de gols sofridos é decorrência do jogo ofensivo de Fernando Diniz. No entanto, o Fluminense, com 16 gols pró, é apenas o sexto colocado no quesito. Esse dado tem, no entanto, um lado positivo. O desempenho do ataque tricolor é de primeira página da tabela. Os outros 7 clubes com quinze ou mais gols estão no G-7.

Leia também: “Vamos sair dessa situação”, diz Fernando Diniz

O Flamengo terceiro colocado, lidera o quesito com 25 gols. Palmeiras e Athlético PR marcaram 20 cada. O Santos, líder do campeonato, marcou 17 vezes, colado no Atlético MG, com 18 gols. São Paulo e Internacional 5o e 6o colocado, fizeram 15 gols, um a menos que o Flu.

Culpa é do coletivo

São estatísticas que mostram claramente que o Fluminense estaria brigando na parte de cima da tabela não fosse a fragilidade do sistema defensivo. Apesar disso, Fernando Diniz isenta a defesa de culpa pelo péssimo desempenho do sistema defensivo.

– Não consigo separar o sistema defensivo do time. Essa análise fica ruim e não diz nada. Se pegar os dois jogos de hoje e do Vasco, sofremos quatro de bola parada. Como falar do sistema defensivo? Acho que o time fez um bom jogo. O São Paulo veio mais para empatar e acabou vencendo – analisou o treinador após a derrota de sábado.

Por mais que não haja uma movimentação aparente para a demissão de Fernando Diniz, o trabalho é questionado em função dos resultados. Apesar disso

A opinião é compartilhada por Paulo Henrique Ganso.

– A defesa começa desde o Pedro, desde a frente. A nossa defesa começa ali. Nossos zagueiros não tem esse peso. Precisamos colocar toda essa dedicação em campo para não sobrecarregar o Muriel.

O Fluminense pode deixar a lanterna no quesito na noite de hoje. O CSA, com 20 gols sofridos, recebe o Grêmio às 20h e pode superar o Flu como defesa mais vazada do Brasileirão, mas nada que aquiete o coração da torcida tricolor, que espera maior equilíbrio da equipe.

Seja sócio futebol e obtenha até 100% de desconto na bilheteria em todos os jogos do Flu como mandante. Nossa hora é agora. Clique aqui e faça já o seu plano!

Marcelo Savioli às 07:52

Fotos: André Durão (Globoesporte.com) e Lucas Merçon (Fluminense Football Club)

2019-07-29T15:32:41+00:00 julho 29th, 2019|

Deixar Um Comentário