Em nota, Flusócio reafirma que não apoiará nenhuma candidatura em 8 de junho

Grupo foi um dos principais players políticos do Fluminense na última década, mas caiu em descrédito ao fechar os olhos a práticas temerosas de gestão no segundo mandato de Peter Siemsen

A Flusócio voltou a se manifestar publicamente para reiterar que não apoiará nenhuma candidatura na eleição de 9 de junho, que apontará o presidente do Fluminense pelos próximos três anos e meio. 

O grupo vem sendo um dos principais players da política tricolor desde o final da década passada, quando comandou uma campanha de associação em massa para tentar mudar os rumos do clube. O resultado alcançado, entretanto, esteve longe de cumprir a promessa. O Fluminense chega ao final do terceiro mandato apoiado pelo grupo, maioria no Conselho Deliberativo, em uma situação financeira desastrosa, produto da péssima gestão de Peter Siemsen em seu segundo mandato, iniciado em 2014 e concluído em 2016.

Leia também: Fluminense tem quarta maior dívida líquida entre os clubes brasileiros

Acusado de conivência com práticas administrativas temerárias de Siemsen, o grupo passou a sofrer perseguição política ostensiva. A hostilidade respingou em Pedro Abad, também da Flusócio, eleito para o mandato atual, iniciado em 2017. Abad até ensaiou uma reformulação no modo de governar o Fluminense, mas acabou patinando no pouco trato administrativo e vontade política, perdendo, com isso, apoios e quadros importantes no Conselho Diretor.

Em razão do desgaste e do ambiente hostil, o grupo preferiu se afastar da cena política tricolor.

Confira abaixo a nota da Flusócio na íntegra:

“Flusócio não apoiará nenhum candidato

Diante da publicação do Edital de Convocação da Assembleia Geral Extraordinária, a ser realizada no dia 08/06/2019 das 9h às 18h com a finalidade de eleger o novo Presidente do Fluminense, a Flusócio vem por meio deste comunicado reforçar o post de 21/12/2018, quando afirmamos que o grupo ficará à margem do processo eleitoral.

Em reunião fechada, o grupo, por unanimidade, entendeu que esse afastamento é uma forma de estimular a estabilidade do processo e a tranquilidade entre os candidatos concorrentes ao pleito e os sócios eleitores. Na mesma reunião, foi decidido também, que todos os membros terão liberdade de decisão de voto e insistimos que qualquer pessoa ou veículo que tentar associar o nome da Flusócio a qualquer candidatura estará agindo de maneira mentirosa e leviana.

Desejamos uma campanha serena e propositiva, debatendo sempre com clareza todos os assuntos importantes ao Fluminense, fazendo assim com que o associado consiga, de forma plena, racional e sensata, decidir o futuro do nosso clube.”

Seja sócio futebol e obtenha até 100% de desconto na bilheteria em todos os jogos do Flu como mandante. Nossa hora é agora. Clique aqui e faça já o seu plano!

Marcelo Savioli às 16:57
2019-05-09T17:12:41+00:00 maio 9th, 2019|

Um Comentário

  1. Paulo Gustavo
    RALPH DE SOUZA FILHO 10 de maio de 2019 em 05:24- Responder

    AO NEGAR APOIO A FLU – SÓCIO É EXTREMAMENTE BEM – VINDA NA DECISÃO PORQUANTO SEU ISOLAMENTO DEVER – SE – IA ANUNCIAR – SE COMO PONTO DE PARTIDA PARA RESGATAR O CLUBE DA INCÔMODA POSIÇÃO A DETER A 4ª MAIOR DÍVIDA LÍQUIDA ENTRE OS CLUBES BRASILEIROS. ACOMPANHADA D’UMA SEVERA AUTOCRÍTICA DEMONSTRARIA SANIDADE E UM MÍNIMO DE LISURA E ÉTICA. ADEMAIS AQUELES TODOS QUE EM ALGUM MOMENTO OS TENHAM APOIADO NESSA ESCALADA DE CELERADOS E INCONSEQUENTES A CRIAREM ESSE BURACO COLOSSAL AO PURGATÓRIO DA VIA DOLOROSA QUEDAR – SE – IAM..APENAS ASSUMAM COERENTEMENTE COM A MEDIDA ANUNCIADA O GESTO EM CONTRIÇÃO REDENTORA..SERÁ?..

Deixar Um Comentário