Diniz gostou do que viu, mas definiu empate como “justo”

Na opinião do técnico, só faltou criatividade para vencer retranca do Luverdense

Parece que ninguém gostou muito da partida de ontem à noite, em que Luverdense e Fluminense não saíram de um empate em 0 a 0. O técnico Fernando Diniz, porém, viu outra partida, em  que o Tricolor cumpriu sua estratégia de jogo e alcançou bons indicadores, embora, na opinião do técnico tricolor, o resultado tenha sido justo.

– A experiência de já ter jogado aqui me ajudou a preparar bem o time para fazer um jogo seguro. No segundo tempo, a gente melhorou na partida. Tivemos uma ou outra chance para marcar e oferecemos pouca chance de contra-ataque para o Luverdense, que era a proposta muito clara deles. ­A equipe soube jogar a partida. A gente teve dificuldade para penetrar, pela marcação do Luverdense, ressaltando a dificuldade imposta pelos jogadores que marcaram com força o tempo todo e foram muito obedientes. Faltou um pouco de criatividade ao time, mas foi justo. Criamos pouco, o jogo foi muito truncado e acho que foi para empate mesmo.

Ficou para o jogo de volta

Na opinião de Diniz, tudo saiu dentro do esperado, ficando a expectativa de uma grande exibição para o jogo de volta.

É  muito difícil para articular o jogo com as dificuldades do campo e de um time muito organizado defensivamente. Os times do Junior sempre são bem organizados e a gente sabia que teria dificuldade. No Rio, o jogo tende a ser diferente, porque o ambiente é outro. Com o  gramado, a maneira como a gente se sente em casa, com a presença do nosso torcedor, o jogo fica mais fluído no Maracanã do que aqui.

A partida de volta será disputada no dia 9 de abril, próxima terça-feira. As duas equipes precisam da vitória por qualquer placar para passar de fase na competição.  Em caso de empate, a vaga será decidida nos pênaltis.

 

Siga o melhor site de notícias do Fluminense por meio da nossa página no Facebook

Por: Marcelo Savioli às 10:46
2019-04-04T12:44:02+00:00 abril 4th, 2019|

Deixar Um Comentário