Destaque no Belenenses, Muriel terá dificuldades com estilo de Diniz

Apesar da dificuldade com os pés, experiente arqueiro tem grandes atributos e potencial de alto desempenho

Se muitos torcedores se encolhem na poltrona com as saídas de bola do Fluminense, a promessa é de muita emoção. Contratado, ao que tudo indica, para ser titular, o goleiro Muriel terá dificuldades com o estilo Diniz. Destaque do Belenenses em duas temporadas, o ponto fraco de Muriel parece ser exatamente aquele em que está a maior exigência imposta aos goleiros de Fernando Diniz.

Durante sua trajetória em Portugal, o índice de acerto de passes curtos de Muriel foi de 85%. Nada demais se fosse um jogador de frente ou goleiro de outro clube. Sendo goleiro do Fluminense, no entanto, o ideal é que esse índice seja muito próximo de 100%. A equipe de Fernando Diniz costuma usar muito o goleiro na saída de bola. Muitas vezes, os goleiros são obrigados a raciocinar e passar em espaços curtos e sob pressão adversária.

Tirando esse aspecto, Muriel chega ao Fluminense bem recomendado. Além da experiência, tem atributos não tão presentes nos últimos guarda-metas a ocuparem a pequena área defensiva tricolor.

– Muriel sempre se cuidou muito, é um atleta na concepção da palavra. Diria que tem totais condições de cumprir todo o contrato com muita qualidade e ainda jogar por muito tempo. A grande qualidade dele é a explosão, a força, potência. A velocidade dele é muito grande, um poder de reação incrível, uma retomada muito boa. Vocês vão se impressionar com isso aí – falou ao Lance! Daniel Pavan, preparador de goleiros do Inter, que trabalhou com Muriel entre 2011 e 2013.

Para Muriel, é o melhor momento da carreira

Irmão de Alisson, goleiro da Seleção Brasileira, considerado um dos melhores do mundo, Muriel tem 32 anos. Apesar do longo tempo de estrada, o novo arqueiro do Maior Clube do Brasil acredita está vivendo o melhor momento da carreira.

– Em nível de amadurecimento, vivo um dos melhores momentos da minha carreira. Estou muito bem fisicamente, tecnicamente e, principalmente, mentalmente. É natural para um goleiro atingir o auge já mais velho. Fisicamente, os goleiros de alto nível geralmente atingem o ápice profissional entre 27 e 28 anos. Quando eu tinha essa idade, no entanto, sofri algumas lesões e acabei por ficar na reserva do Dida. Isso atrapalhou bastante, mas, no fim, serviu de amadurecimento.

Leia também: Fluminense anuncia contratação de Muriel

Muriel deve ser apresentado oficialmente na terça-feira, quando o elenco tricolor se reapresenta no CTPA. Como nunca é tarde para desenvolver habilidades, chegou a hora de evoluir no fundamento “passe”. Um desafio e tanto, em que não há pressa. O contrato assinado com o Flu é de três anos e meio.

Seja sócio futebol e obtenha até 100% de desconto na bilheteria em todos os jogos do Flu como mandante. Nossa hora é agora. Clique aqui e faça já o seu plano!

Marcelo Savioli às 08:46

Foto: Getty Images

 

2019-07-08T21:14:38+00:00 julho 7th, 2019|

Deixar Um Comentário