Declaração polêmica de João Pedro expõe fragilidade do futebol brasileiro

“O sonho de qualquer jovem jogador é poder jogar na Premier League”

O atacante João Pedro foi convidado para participar do programa “Seleção Sportv” nesta quinta-feira. Foi o autor do gol de empate do Fluminense no duelo de ontem contra o Cruzeiro pela Copa do Brasil. Perguntado sobre a transferência precoce para o Watford, da Inglaterra, seguindo o caminho de Richarlison, o atleta fez uma dura declaração para o futebol brasileiro.

“O sonho de qualquer jovem jogador é poder jogar na Premier League”, falou João Pedro, expondo a fragilidade do futebol brasileiro perante a mais famosa e bem sucedida liga nacional europeia. João Pedro vai se transferir para o futebol inglês em 2020, em janeiro ou julho, ainda não está decidido. Os presentes à mesa chamaram atenção para a gravidade da situação, lembrando que não faz muito tempo que o desejo de jovens jogadores brasileiros era defender as grandes grifes nacionais.

Leia também: Exposição de jovem craque na Europa pode render ao Fluminense venda milionária

A questão não é meramente financeira, mas uma questão de ascensão profissional. Um indicador disso é a presença de duas grifes inglesas na final da Copa da UEFA: Liverpool e Tottenham. A Premier League segue as melhores práticas, promovendo a competitividade entre os clubes. Com isso, negociando suas propriedades conjuntamente, o futebol inglês transformou-se no mais lucrativo, concorrido e famoso do mundo.

Alguma coisa está errada nessa história

Enquanto isso, o futebol pentacampeão do mundo agoniza economicamente, incapaz de encontrar caminhos para se tornar competitivo perante as ligas rivais europeias. Tornou-se algo natural em terras tupiniquins que jovens atletas talentosos orientem suas carreiras para o momento de abandonar grifes tradicionais e historicamente poderosas, como Fluminense, Santos, Flamengo e Palmeiras para ganhar a vida na Europa, particularmente na Inglaterra, país que só conquistou a Copa do Mundo uma vez.

João Pedro joga num clube que já teve astros do nível de Didi, Preguinho, Castilho, Rivelino, Romário, Deco, Fred, Branco, Romerito, Telê, Félix, Marco Antônio, Ricardo Gomes, Marcelo e Thiago Silva, mas a felicidade está em jogar no inexpressivo Watford. Alguma coisa está errada nessa história, e não é só dinheiro.

Seja sócio futebol e obtenha até 100% de desconto na bilheteria em todos os jogos do Flu como mandante. Nossa hora é agora. Clique aqui e faça já o seu plano!

Marcelo Savioli às 20:45
2019-05-17T15:36:36+00:00 maio 16th, 2019|

Um Comentário

  1. Paulo Gustavo
    Brito 16 de maio de 2019 em 21:07- Responder

    O moleque não tem culpa de pensar assim. O problema é o complexo de vira-latas e a falta de políticas para fortalecer o nosso futebol economicamente.

Deixar Um Comentário