Celso Barros garante apoio ao trabalho de Fernando Diniz, mas com resultados

Celso Barros foi eleito vice-presidente do Fluminense, mas acumulará o cargo de vice-presidente de futebol. Diante disso, o revolucionário trabalho de Fernando Diniz à frente do Fluminense passará por seu crivo. O ex presidente da Unimed adotou, após o anúncio da vitória de Mário Bittencourt na disputa pela presidência do Fluminense, um discurso de apoio ao trabalho do atual treinador, mas com algumas ressalvas.

“O trabalho do Fernando Diniz  vem encantando, mas o Fluminense não disputou a final do Estadual, foi eliminado da Copa do Brasil, avançou na Sul-Americana e está em situação difícil no Brasileiro, o que nos preocupa muito. O trabalho dele é inovador. Vamos conversar. Todo mundo sabe que futebol é resultado. Não é questão de dar tempo. Ele terá o tempo necessário, mas não podemos deixar o time afundar. Não temos nenhuma dúvida quanto a Diniz ser o técnico. Vamos nos encontrar o mais rápido possível. Vamos torcer, dar força para que os resultados venham o mais rápido possível”, falou Celso Barros.

Seja sócio futebol e obtenha até 100% de desconto na bilheteria em todos os jogos do Flu como mandante. Nossa hora é agora. Clique aqui e faça já o seu plano!

Cinco Minutos às 09:57

2019-06-09T01:02:14+00:00 junho 9th, 2019|

2 Comentários

  1. Paulo Gustavo
    Luiz Carlos 10 de junho de 2019 em 10:11- Responder

    # FICADINIZ
    Dêem um bom time para o Diniz treinar e preparem as prateleiras para encher de troféus.

  2. Paulo Gustavo
    Edson Teixeira 10 de junho de 2019 em 20:49- Responder

    Você deve já ter assumido neste usar o momento, e quero lhe fazer um comentário.
    1. Nao ganhamos carioca, copa do Brasil e nem fomos para finais do carioca.
    2. Nós também não tiamos perspectivas nenhuma, sem jogadores para um bom futebol.
    3. Nao tiamos nenhum esquema de jogo e os jogadores em sua maioria não preparado para uma branco, verde , grená.
    4. Hoje somos respeitados, badalados e falados aos quatro cantos do país.
    Vejo o Fernando Diniz acima de qualquer um treinador que atua hoje no Brasil.
    Vejo que os times, Grêmio, Cruzeiro, o próprio Flamengo, respeitando o FLUMINENSE, o que não havia nos últimos anos.
    Portanto se. Celso Barros, cuidado na mesmice dos Torcedores, perdeu quatro fora treinador.
    Planejamento, projeto não se implanta em um campeonato, isso requer tempo e paciência. Ou se constrói um prédio de 20 andares em um ano.
    Mas estamos falando de futebol!
    Sim! Alemanha se preparou 20 anos e depois conquistou o título em cima de duas goleadas, uma delas deve lembrar, os 7 x 1, certo?
    Vamos mudar presidência e vice, mas vamos mudar também nossa filosofia de agir e administrar.
    S. T.

Deixar Um Comentário