Até quando? (Por João Victor Nóvoa)

FOTO: Lucas Merçon / FFC

Até quando, Tricolores?

Domingo, ao comemorar seu segundo gol sobre o Grêmio, Yony González, atacante do Fluminense, foi xingado de “macaco” por uma torcedora gremista. E eu vos deixo uma reflexão: ATÉ QUANDO?

Vivemos em um país super adverso, em sua cultura, em seus ritmos, na sua culinária e até mesmo na sua língua. É muito triste que esse tipo de caso ainda aconteça, não só no meio esportivo, como também no nosso dia a dia. As pessoas parecem que não aprendem. Será por falta de punição? Talvez. Uma coisa que eu sempre digo, por todos os lugares que eu passo, não basta punir o CNPJ, mas sim o CPF, ou seja, não punir o clube e punir com bastante rigor a criminosa. Como? Essa é uma decisão que cabe, apenas, aos responsáveis legais.

Os clubes também podem ajudar nessa conscientização, com campanhas e ações socias. Destaco a atitude do Fluminense, no começo do ano, com a hashtag “#TIMEDETODOS”. Esses atos, porém, não podem durar uma semana ou duas, tem que ser relembrada ano após ano, até que esses indivíduos se conscientizem.

Infelizmente, estamos vivendo em tempos de desordem e regresso, e em um momento muito feliz pra mim, ter que escrever esse meu primeiro texto no O Tricolor tendo que falar sobre racismo, é doloroso.

Sem mais.

Por João Victor Nóvoa (@JoaoNovoaOFC)

 

2019-05-07T17:13:43+00:00 maio 7th, 2019|

Um Comentário

  1. Marcelo
    Matheus 7 de maio de 2019 em 16:15- Responder

    Realmente lamentável essa situação ! Não é a primeira e infelizmente não vai ser a última.Somente quando as autoridades adotarem medidas severas teremos um basta! Lembrando também do caso do goleiro Aranha (ex Santos ) que foi vítima de racismo nesse mesmo estádio e por essa mesma “torcida ” se é que se pode chamar isso de torcida !

Deixar Um Comentário